Volta às aulas

Decoração Sala de Aula

Visualizações

 

CUIDAR OU EDUCAR?

18 de jun de 2011

Texto completo para download AQUI

Eu educo ou cuido? Cuido e educo? Afinal, qual é o meu papel? Provavelmente você já se questionou frente a essa dúvida, principalmente se atende crianças até a faixa etária dos 3 anos.
Por muito tempo, a ênfase no cuidado dominou o atendimento nos programas de creches, enquanto os programas pré- escolares tinham o enfoque educacional como predominância; portanto, o “divórcio” entre educar e cuidar apresenta longa tradição no atendimento infantil. Mesmo hoje, ainda vemos nomenclaturas distintas para atendimento de 0 a 3 anos e de 4 a 6 anos. Por isso, nos perguntamos: por que creche e pré-escola, e não somente educação infantil? Por que reafirmar essa divisão, se o que desejamos é exatamente o contrário?
Na realidade, a educação infantil atende crianças de 0 a 6 anos, e é isso que interessa. Crianças de origens diferenciadas, mas que têm em comum o “ser criança”, que se assemelham em algumas características e que brincam, inventam e sonham.
Felizmente, os avanços nos estudos referentes à aprendizagem e ao desenvolvimento infantil comprovam ser a criança uma curiosa exploradora do mundo físico e social.
A relevante integração entre educar e cuidar lembra-nos que as atividades rotineiras também auxiliam na construção da identidade de uma criança. O que essa integração – educar e cuidar – na realidade quer enfatizar é a relevância e o direito da criança de ser educada e cuidada. Não existe uma forma de atendimento que dicotomize o cuidar do educador na Educação Infantil.
Série Fundo do Milênio para a Primeira Infância

0 comentários:

Postar um comentário